• ​​​​​​​​​​​​​ Foto/Photo

    Rui L. Reis

    Professor Catedrático de Engenharia de Tecidos, Medicina Regenerativa e Células Estaminais do departamento de Engenharia de Polímeros, Escola de Engenharia, na Universidade do Minho. É o Vice-Reitor para a Investigação desta Universidade e Diretor do Grupo 3B's - Biomateriais, Biodegradáveis e Biomiméticos e Diretor do Laboratório Associado (LA) ICVS/3B´s, ambos da UMinho. É também Diretor do Programa Doutoral em Engenharia de Tecidos e Medicina Regenerativa (UMinho). Durante a sua carreira académica orienta ou orientou 20 alunos de Mestrado, 68 de Doutoramento e 50 investigadores de pos-Doutoramento. É CEO do Instituto Europeu de Excelência em Engenharia de Tecidos e Medi​cina Regenerativa, com sede no AvePark e filiais em 13 Países. Foi Presidente da Sociedade Portuguesa de Células Estaminais e Terapia Celular (SPCE-TC) (2005-2008, 2011-2013), Presidente do capítulo europeu da Sociedade Internacional de Engenharia de Tecidos e Medicina Regenerativa (TERMIS) (2010-2012), e é atualmente Presidente Mundial  desta Sociedade (2016-2018) tendo sido eleito por membros de mais de 85 Países. Foi galardoado com inúmeros e prestigiados prémios científicos internacionais, incluíndo um Doutoramento Honoris Causa pela Universidade de Granada, os dois principais prémios da Sociedade Europeia de Biomateriais – Jean Leray e George Winter –, tendo sido reconhecido também com um prestigiado ERC Advanced Grant (2014, €2,35M), o Clemson Award for Contributions to the Literature pela Sociedade Americana de Biomateriais (EUA) e membro-eleito da National Academy of Engineering (NAE) nos E.U.A. Em 2014 foi condecorado pela Presidência da República com o título de Comendador da Ordem Militar de Santiago de Espada.
    É o Editor-Chefe do Journal of Tissue Engineering and Regenerative Medicine (Wiley-Blackwell), é International Fellow of Tissue Engineering and Regenerative Medicine (FTERM) e Fellow of Biomaterials Science and Engineering (FBSE) e integra o Conselho Editorial de inúmeras revistas internacionais.
    Editou vários livros e números especiais de revistas. É autor de 950 publicações de circulação internacional listadas no ISI Web of Knowledge (incluindo 70 artigos de revisão e editoriais) e 215 capítulos de livros, 35 patentes nacionais e internacionais, e mais de 1700 comunicações em conferências internacionais. Possuí um índice h de 74 e o seu trabalhado foi citado mais de 22000 vezes (Scopus).
    (http://www.3bs.uminho.pt/)​.​
      ​​
     
  • Foto/Photo 

    Manuela E. Gomes​

    Licenciou-se em Engenharia Metalúrgica e de Materiais pela Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto, obteve o Mestrado em Engenharia de Polímeros pela Universidade do Minho (UMinho) (em colaboração com a empresa Holandesa Isotis, Bilthoven) e o Doutoramento em Engenharia de Tecidos pela UMinho (em colaboração com a Rice University, Houston, EUA). É investigadora coodernadora e Vice-Diretora do Grupo de Investigação 3B´s da UMinho. É membro da Direção do Laboratório Associado ICVS/3B´s e membro do Conselho do Departamento de Engenharia de Polímeros. O seu trabalho de investigação é centrado no estudo de estratégias de engenharia de Tecidos do osso e cartilagem, nomeadamente no design de materiais de suporte á base de polimeros naturais, cultura e diferenciação de células estaminais de diferentes origens e suas interações com os materiais de suporte e sistemas de cultura avançados (biorreatores). Recentemente tem focado também a sua investigação em estratégias para a regeneração de tendão e de defeitos periodontais, usando sistemas sensiveis a estímulos magnéticos. Tem participado como PI/membro de equipa de inúmeros projetos europeus e nacionais/regionais, tendo participado também como avaliadora de projetos científicos para a Fundação Portuguesa para a Ciência e Tecnologia (FCT), para a Comissão Europeia e outras agências europeias (RCN, ANR, NWO). Editou 2 livros e é autora de 32 capítulos de livros, 145 artigos científicos com circulação internacional, 7 patentes e mais de 215 comunicações em conferências internacionais. O seu trabalho (total de 157 items indexados) foi citado mais de 4000 vezes tendo um índice h de 34 (ISI web of Science). Foi palestrante convidada em 34 conferências internacionais e cursos avançados. É ainda revisora cientifica de mais de 22 revistas internacionais e membro do Conselho editorial da Revista Tissue Engineering. É membro de várias sociedades ciêntificas internacionais, destacando-se o seu envolvimento da TERMIS (Tissue Engineering and Regenerative Medicine International Society), sendo membro do Conselho do capítulo Europeu desta Sociedade (TERMIS-EU), Chair do seu Editorial Committee (EU, AM and AP chapters) e do TERMIS-EU Communication and Outreach Committee. Colabora desde 2004 na docência de vária unidades curriculares do Mestrado Integrado em Engenharia Biomédica, nomeadamente, Biomateriais, Engenharia de Tecidos e Células Estaminais e Laboratórios de Biocompatibilidade. Além disso é membro da direção do Programa Doutoral em Engenharia de Tecidos, Medicina Regenerativa e Células Estaminais e responsável por várias unidades curriculares do mesmo, e co-coordenadora do módulo em Biomateriais e Nanobiomateriais do Programa Doutoral em BioEngenharia do MIT-Portugal. Em 2013 foi distinguida com o prémio TERMIS-EU Young Investigator Award como reconhecimento dos seus trabalhos científicos em Engenharia de Tecidos e Medicina Regenerativa. Em 2013 recebeu o Career Development Award e em 2016 o Career Consolidation Award atribuído pela FCT. ​
    ​​​
  • Foto/Photo 

    Natália Alves​

    Licenciada em Física e Química, obteve o Doutoramento em Ciência e Engenharia de Polímeros na Universidade do Minho (UMinho) em 2004, sendo atualmente Professora Auxiliar do Departamento de Engenharia de Polímeros da UMinho. Lecionou diversas unidades curriculares às seguintes Licenciaturas/Mestrados Integrados: Mestrado Integrado em Engenharia de Polímeros, Mestrado Integrado em Engenharia de Materiais, Licenciatura em Química Aplicada - Ramo Materiais Plásticos, Licenciatura em Química, Licenciatura em Biologia Aplicada, Mestrado Integrado em Engenharia Biomédica. É atualmente Diretora Adjunta do Mestrado Integrado em Engenharia Biomédica. Como Investigadora do Laboratório Associado ICVS/3B's, através da Unidade de Investigação 3B’s, desenvolve atividades predominantemente ligadas ao domínio dos Polímeros Inteligentes para Aplicações Biomédicas. É co-autora de 63 artigos em revistas internacionais com arbitragem científica, 6 capítulos de livro e 65 comunicações apresentadas em conferências Nacionais/Internacionais. Orientou ou tem sob orientação vários trabalhos científicos desenvolvidos por alunos de pós-graduação e investigadores envolvidos em projectos de investigação.​​
  • ​​​
  • Foto/Photo 

    Nuno M. Neves​

    Nuno M. Neves desenvolve a sua linha de investigação em biomateriais para aplicações médicas desde 2002 no Grupo de inves​tigação 3B’s da Universidade do Minho. Trabalhou durante vários períodos na Universidade de Twente, e recentemente, realizou um período de licença sabática na Universidade de Tóquio, Japão (no laboratório do Prof. Kazunori Kataoka). Ele tem coordenado vários projectos financiados pela Fundação Portuguesa para a Ciência e a Tecnologia, coordena projectos financiados por fundos regionais, e tem sido responsável pela participação do Grupo de Investigação da 3B como parceiro em vários projectos europeus. Como resultado dos projetos que coordena, é supervisor ou co-supervisor do trabalho de mais de 15 investigadores de pós-graduação. É autor de 149 publicações listadas no ISI Web of Science, com um factor-h de 31 e um número total de citações de mais de 2900. Tem uma vasta experiência letiva desde 1990, lecionado várias disciplinas de Engenharia Biomédica na Universidade do Minho desde 2002, centradas em biomateriais, o seu processamento e caracterização e ainda a sua aplicação em terapias avançadas e dispositivos médicos. ​​
     ​
  • ​​ Foto/Photo

    J. Miguel Oliveira​

    Licenciado em Bioquímica pela Faculdade de Ciências da Universidade do Porto (UPorto9. Doutorou-se em Ciências e Tecnologia de Materiais, Ramo de Conhecimento Engenharia de Tecidos e Materiais Híbridos, pela Universidade do Minho (UMinho) em 2009. É atualmente Investigador Principal no Laboratório Associado ICVS/3B’s da UMinho, especializando-se nas áreas da Nanomedicina e Engenharia de Tecidos e Medicina Regenerativa. É Professor no Programa Doutoral em Engenharia de Tecidos e Medicina Regenerativa, e Células estaminais (TERM&SC) na UMinho desde 2013. É também Professor convidado na área da Ortotraumatologia (e-learning) na Faculdade de Medicina da UPorto, desde 2013. Publicou mais de 150 artigos em revistas indexadas no ISI Web of Science (vários artigos em revistas de alto factor de impacto), com índice-h de 29 (Google Scholar) tendo recebido mais de 3000 citações por parte de outros autores, mais de 15 artigos de revisão, 3 livros, 1 número especial em revista científica, e mais de 50 capítulos de livro com circulação internacional, tendo também já registadas mais de 10 patentes. Realizou mais de 200 comunicações em conferências nacionais/internacionais. Em 2015, foi distinguido com o Prémio Jean Leray, atribuido pela European Society of Biomaterials a Jovens Investigadores, pelos seus contributos extraordinários na área dos Biomateriais. É membro do painel editorial de várias revistas cientícias internacionais tais como, Journal of Materials Science: Materials in Medicine, International Journal of Tissue Engineering, Journal ISRN Biomaterials, The Journal of Experimental Orthopaedics, Journal Recent Patents on Corrosion Science, e avaliador científico em mais de 30 revistas internacionais. ​​
  • ​​ Foto/Photo

    Iva Pashkuleva​​

    Graduada em Química Analítica e Orgânica pela Universidade de Sofia (Bulgária) e Doutorada em Síntese Química pela mesma universidade. Em 2002 iniciou a sua investigação no Grupo de Investigação 3B’s na área de Biomateriais com enfâse particular em carboidratos, tais como quitosano e amido. Desenvolveu várias metodologias de modificação superficial destes biomateriais de forma a melhorar a sua biocompatibilidade, utilizando métodos físicos (ex. Radiação UV, plasma), químicos tais como enxertos e modificação química, ou a combinação de vários métodos. Presentemente, é Investigadora Principal no Grupo de Investigação 3B’s e membro do Conselho do Departamento de Engenharia de Polímeros. Os seus interesses focam-se na química de glicosaminoglicanos (GAGs) e a sua bioatividade gerada por interações específicas com proteínas. As suas atividades envolvem o desenvolvimento de plataformas 2D e 3D que servem de modelos para elucidar a relação entre a estrutura e a atividade dos GAGs, assim como utilizar o conhecimento gerado no desenvolvimento de dispositivos médicos. Tem participado como PI/membro de equipa de vários projetos europeus e nacionais tal como avaliadora de projetos/bolsas convidada por diferentes agências financiadoras e revisora de artigos das várias revistas/editoras. Orienta ou orientou 15+ investigadores de pós-graduação. É autora de 50+ publicações listadas no ISI Web of Science, com um número total de citações de 800+. Tem lecionado várias disciplinas na Universidade de Sofia (aulas teóricas e práticas em Química Orgânica) e na UMinho (modificação e caracterização superficial dos biomateriais). Atualmente é Professora no Programa Doutoral em Engenharia de Tecidos e Medicina Regenerativa, e Células estaminais (TERM&SC) na UMinho. ​​
     ​​​​
  • Foto/Photo 

    Alexandra P. Marques​​

    Alexandra P. Marques. Doutorada em Ciência e Tecnologia de Materiais - Biomateriais pela Universidade do Minho (UMinho) e em colaboração com a Universidade de Liverpool, e Licenciada em Bioquímica pela Faculdade de Ciências da Universidade do Porto. É Investigadora Principal e Vice-Diretora e do Grupo de Investigação 3B’s da Universidade do Minho e membro da Direção do Laboratório Associado ICVS​/3B’s. É Editora Associada da revista científica Journal of Tissue Engineering and Regenerative Medicine, membro do conselho editorial da Current Tissue Engineering e revisora de algumas das revistas mais influentes da área de trabalho (Advanced Materials, Theranostics, Scientific Reports, Stem Cell Research & Therapy, ACS Applied Materials & Interfaces, Biomaterials). É membro ativo de diversas sociedades científicas, (TERMIS, Wound Healing Society, European Wound Management Association (EWMA)), pertencendo aos comités científicos e organizadores das respetivas conferências, e como organizadora de diversos simpósios, sendo ainda de destacar a sua autoria no documento a publicar pela EWMA sobre “Terapias Avanças no Tratamento de Feridas”. Tem ainda sido convidada como avaliadora de projetos/bolsas por diferentes agências financiadoras nacionais (FCT) e internacionais (EC, Diabetes UK, ANPCyT). Tem como área de especialização a Engenharia de Tecidos, nomeadamente a de pele e osso, com particular enfoque em células estaminais, hidrogéis, matriz extracelular, vascularização/angiogénese e modelos in vitro 3D. Desde 2006 tem estado envolvida na docência de várias unidades curriculares do Mestrado Integrado em Engenharia Biomédica (Biomateriais, Engenharia de Tecidos e Células Estaminais e Laboratórios de Biocompatibilidade) da UMinho. É também membro da direcção do Programa Doutoral Terapias Avançadas para a Saúde da UMinho, no qual é responsável pelas Unidade curriculares Células Estaminais em Medicina Regenerativa e Biocompatibilidade em Engenharia de Tecidos. Tem ainda colaborado pontualmente em Mestrados Integrados e Programas Doutorais da Universidade do Algarve e, desde 2007 no Programa Doutoral em BioEngenharia do MIT-Portugal. É editora de 2 livros, autora de 177 publicações (80 artigos com revisão por pares, 15 capítulos de livro, 82 resumos publicados em revistas ou em actas de encontros científicos (ISI)), 4 patentes e tem mais de 200 comunicações em conferências. O seu trabalho foi citado mais de 2000 vezes (sem auto-citações) e tem um índice h de 23 (ISI web of Science). Em 2009 e em 2015 obteve respectivamente o Starting e o Development Career Awards pela FCT, e em 2016 a distinção pelo Conselho Europeu de Investigação através da ERC Consolidator Grant.​​
     ​  ​​​​
  • Foto/Photo 

    Márcia T. Rodrigues

    Licenciada em Biologia Aplicada, obteve o Doutoramento em Engenharia de Tecidos e Células Estaminais em colaboração com o Wake Forest Institute for Regenerative Medicine (E.U.A.) pela Universidade do Minho (UMinho) em 2011. É atualmente investigadora dos 3B’s e a sua pesquisa incide sobre estratégias de engenharia de tecidos músculo-esqueléticos orientada para tendões e ligamentos que incluem a aplicação de células estaminais, desenvolvimento de biomateriais, estimulação bioquímica e mecano-magnética com vista ao desenvolvimento de novas ferramentas e sistemas com potencial terapêutico. É editora de um livro sobre regeneração de tendão e contribuiu para 9 capítulos de livro ​com circulação internacional. Tem 24 artigos em revistas internacionais, 2 apresentações por convite e 50 comunicações em conferências internacionais. Lecionou aulas teóricas e práticas de unidades curriculares do curso de Engenharia Biomédica da UMinho e em módulos de Programas Doutorais. Presentemente, dá apoio em UCs do Mestrado Integrado em Engenharia Biomédica e co-orienta alunos de Mestrado e de Doutoramento. ​
     ​​​​​
  • Foto/Photo 

    Emanuel M. Fernandes

    Emanuel M. Fernandes, Doutorado e licenciado em Engenharia de Materiais pela Universidade do Minho (UMinho), realizou o seu doutoramento em colaboração com a indústria. Desenvolve investigação desde 2004 no Grupo de Investigação 3B´s - Biomateriais, Biodegradáveis e Biomiméticos e Laboratório Associado ICVS/3B’s da UMinho, na área do processamento e caracterização de materiais compósitos de matriz polimérica e de estruturas 3D para diferentes aplicações. Foi reconhecido com duas bolsas individuais de investigação pela Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT) e participou em vários projectos nacionais e internacionais. Tem lecionado e dá apoio em UCs do Mestrado Integrado em Engenharia Biomédica, módulos de Programas Doutorais e da Licenciatura em Design de Produto da UMinho. É (co) autor de 15 artigos listados no ISI Web of Science, 14 deles no Q1 (top 25%), 3 capítulos de livro com circulação internacional, 2 patentes concedidas e várias comunicações em conferências nacionais e internacionais. Tem um índice h ISI de 9 (10 segundo o google scholar) e mais de 600 citações, sendo regularmente convidado como revisor científico em várias revistas internacionais.​​
     ​  ​​​ ​​​​
  • Foto/Photo 

    Albino Martins

    Licenciado em Biologia Aplicada (2001) e Doutorado em Engenharia de Tecidos, Medicina Regenerativa e Células Estaminais (2010), pela Universidade do Minho. Atualmente é Investigador Auxiliar no Laboratório Associado ICVS/3B’s. Durante os 11 anos de atividade profissional no Grupo de Investigação 3B’s - Biomateriais, Materiais Biodegradáveis e Biomiméticos, integrou 2 projetos europeus (6º e 7º PQ) e 6 projetos nacionais, foi reconhecido com 2 bolsas individuais de investigação (uma PhD e outra Pós-Doc) e, mais recentemente, com uma bolsa de Investigador FCT financiadas pela Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT). Decorrente da atividade de investigação, Albino Martins é (co)autor de 44 publicações em revistas internacionais com revisão por pares, com um fator de impacto cumulativo de 170,151, um total de 1420 citações e uma índice h de 21. É também autor de 6 capítulos de livros publicados internacionalmente, bem como mais de 80 comunicações científicas em congressos nacionais e internacionais. Das suas contribuições para o desenvolvimento tecnológico e proteção da propriedade intelectual (IP) resultou uma Patente Europeia concedida, um Pedido de Patente Internacional atualmente em fases reginais (UE e EUA) e outros 3 Pedidos de Patente Internacional em avaliação.​​
     ​​
  • Foto/Photo 
    Rui Costa​
    Doutorado em Engenharia Biomédica em 2013 e Mestre em 2008 na mesma área de conhecimento pela Universidade do Minho (UMinho). É investigador de pós-doutoramento no Grupo de Investigação 3B’s, onde desenvolve sistemas biomédicos com biointerfaces melhoradas e cápsulas para libertação de fármacos através da técnica de automontagem camada-a-camada. Os seus interesses atuais incluem o revestimento de biomateriais implantáveis, de partículas para o tratamento direcionado do cancro, e de células para o tratamento da diabetes. Lecionou aulas teóricas e práticas de unidades curriculares do curso de Engenharia Biomédica da UMinho e em módulos de Programas Doutorais, incluindo o programa de Bioengenharia do MIT-Portugal. Foi reconhecido com duas bolsas individuais de investigação (PhD e Pós-Doc) pela Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT). Em 2016, contava com 17 artigos em revistas de circulação internacional, 5 capítulos de livro, m​ais de 30 comunicações, incluindo 5 palestras como orador convidado, e contribuiu para 5 projetos de Investigação e Desenvolvimento – 2 dos quais financiados pelo programa Horizonte 2020.​​​​
  • ​​​​​